Os meios de pagamentos e a Revolução do PIX por Anderson Carlos Mariano

Vivemos na atualidade momentos de aceleração em nossas vidas, atividades simples mas importantes acabam sendo negligenciadas.

Quem não esqueceu de fazer os pagamentos do mês, não pagou tarifas em excesso em suas contas financeiras ou simplesmente “esqueceu” alguma conta bancária aberta sem uso?

Tudo isso consome nossos recursos e atrasam nossos sonhos de vida e família.

Você sabe o que são meios de pagamentos?

Vou te ajudar: são TEDs, DOCs, cartões de débito e crédito, mecanismos que facilitam efetuar transferências de recursos entre pessoas físicas e/ou jurídicas. Para os negócios e sociedade, aceleram o giro do dinheiro potencializando mais negócios e gerando mais riqueza.

Todavia, alguns desses mecanismos precisam ser ajustados para refletir a necessidade dessa nossa época: a instantaneidade, a segurança e a melhor usabilidade podem permitir a inclusão de novos consumidores e a redução do tempo e custos necessários para realizar as atividades de pagamentos de contas e compromissos.

A chegada do PIX, um serviço de transferência de dinheiro criado pelo Banco Central, que será ofertado a partir de 16/11/20, vem ancorado numa forma simples de operar, com muita tecnologia e disponibilidade 24 horas x 7 dias por semana x 365 dias por ano, e que visa garantir a competição no mercado em condições iguais para todos.

A partir de uma estrutura centralizada, terá custos muito reduzidos, o que permitirá assegurar CUSTO ZERO para transferências entre pessoas físicas e um custo muito menor para pessoas jurídicas.

Para se cadastrar no PIX, os usuários precisarão registrar uma CHAVE, que poderá ser o celular, CPF/CNPJ ou e-mail, o que será feito em segundos.

Acreditamos que afetará muito o nosso mercado, afinal, os pagamentos instantâneos crescem como alternativa de transferências entre pessoas físicas e jurídicas em muitos países do mundo.

Será uma competição fortíssima na busca e retenção dos cadastros das pessoas e novas ofertas de propostas de valor e portfólio de produtos e serviços que precisam ser cada vez mais aderentes ao estilo de vida das pessoas dessa geração e das próximas.

Saiba mais sobre Anderson Carlos Mariano ⬇️ 
Anderson Carlos Mariano: Formado em Ciências Contábeis pela UNA-BH, com MBA em Gestão Estratégica na UFMG, Pós Graduado em Gestão de Negócios na Universidade Unisinos – RS, atualmente Pos-graduando na FIA/USP em Transformação Digital e Agilidade. Trabalho a 23 anos no mercado financeiro, meios de pagamento eletrônicos e varejo; sendo 12 anos nas áreas de gestão financeira, operações, tecnologia e projetos de produtos bancários, incluindo Emissão e Adquirência (bancos, credenciadoras e cooperativas de crédito); 7 anos em gestão de projetos tecnológicos em duas processadoras de cartões e/ou outros produtos bancários: CSU e Fidelity, gerindo relacionamentos de negócios com cerca de 20 bancos de varejo brasileiros; nos últimos 4 anos venho atuando numa J.V. da Cielo e BB, em funções de Planejamento Estratégico, Inovação e Gestão de Portfólio de Projetos Digitais junto ao Banco do Brasil em Brasilia-DF.

O Anderson esteve conosco no nosso último evento online e gravamos para você. Assista o conteúdo na íntegra ⬇️🎬🚀⚡

10690login-checkOs meios de pagamentos e a Revolução do PIX por Anderson Carlos Mariano