Vem aí nosso projeto de pesquisa do ICoLab liderado por Marcelo De Nardi

Dentro do Pilar Pesquisa está em desenvolvimento o projeto de Curadoria de Conteúdo em Blockchain por um grupo de pesquisadores associados do iCoLab – Instituto Colaborativo de Blockchain. O objetivo do projeto é coletar e catalogar conteúdos acadêmicos especializados relacionados à tecnologia Blockchain, classificando-os e avaliando conforme as quatro áreas de interesse: filosofia e sociologia, administração, jurídica e tecnologia da informação. Os textos coletados pelos pesquisadores serão catalogados e avaliados, compondo uma base de dados qualificada dessas avaliações a ser utilizada pelos próprios Pesquisadores e por todos os Associados do iCoLab. O projeto iniciará em janeiro/2021 sendo desenvolvido no contexto das atividades acadêmicas, coordenado pelo Prof. Marcelo De Nardi da Unisinos, gerando atividades para o Grupo de Pesquisa dedicado a Blockchain, registrado no CNPQ vinculado ao iCoLab.

Saiba mais sobre o Prof. Marcelo De Nardi que em entrevista nos contou sobre a sua jornada como pesquisador. Marcelo De Nardi, é Juiz Federal no Rio Grande do Sul (Brasil), Doutor em Direito e Especialista em Direito Internacional pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Brasil), e Especialista em Política e Estratégia pela Escola Superior de Guerra (Brasil). É Professor Assistente na Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS (Brasil), vinculado ao Mestrado Profissional em Direito da Empresa e dos Negócios e lecionando também no Mestrado Profissional de Gestão e Negócios e nas graduações de Relações Internacionais e Direito. É professor convidado da Escola Superior da Magistratura Federal no Rio Grande do Sul (Brasil), e do curso de pós-graduação lato sensu “O Novo Direito Internacional” da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Brasil). Teve participação em diversos projetos de aperfeiçoamento do Poder Judiciário Federal brasileiro. É consultor do Conselho da Justiça Federal (Brasil), e foi consultor do Conselho Nacional de Justiça (Brasil). Foi membro de delegações brasileiras perante a Organização dos Estados Americanos, e a Conferência da Haia para o Direito Internacional Privado. Tem experiência em Direito Internacional Privado, Direito Internacional do Comércio, e Direito dos Contratos, além de ser Líder do Pilar de Pesquisa aqui do iCoLab, de que é Associado-Fundador. 

Marcelo De Nardi é formado em Direito, mas ao longo da sua trajetória profissional exercitou outras habilidades e características. Como Juiz Federal esteve dedicado à Administração Pública em diferentes níveis, inclusive como Diretor do Foro da Seção Judiciária Federal do Rio Grande do Sul entre 2009 e 2011. Foi Diretor de Relações Públicas da Associação dos Juízes Federais do Brasil, e Presidente e Diretor Financeiro da Associação Escola da Magistratura Federal no Rio Grande do Sul (aESMAFE, atualmente AJUFERGS).

Além de todo o currículo relevante do Marcelo, perguntamos a ele como foi o começo na área da pesquisa e qual a importância dela? A pesquisa veio aos poucos se inserindo em um contexto profissional intenso. Iniciando com a Especialização em Direito Internacional financiada pelo Tribunal Regional Federal da Quarta Região, houve aproximação com a Academia aos poucos, envolvendo e cativando. O cumprimento dos deveres acadêmicos foi despertando o interesse e aperfeiçoando as preferências, de modo a encontrar caminhos para aprofundamento em certas atividades. A jornada foi muito mais de aproveitar oportunidades do que efetivamente buscá-las, mas o esforço de desempenhar as atividades iniciadas esteve muito presente o tempo todo.

Também perguntamos para o Marcelo: Quais dicas ele poderia compartilhar com quem está começando na área da pesquisa, e prontamente ele nos respondeu:

A pesquisa acadêmica demanda o exercício de um método preciso, através do qual os demais pesquisadores poderão reconhecer o valor do conteúdo produzido. Entender o método científico-acadêmico e sua lógica é o instrumento elementar para avançar na pesquisa, aliado a uma fortaleza quanto à lealdade de pesquisador e honestidade quanto aos resultados do trabalho desenvolvido. A confirmação ou refutação de uma hipótese de pesquisa são igualmente valiosas. Aprender a coletar fontes de informação e tratá-las com precisão e isenção, em modo cartesiano, são os grandes valores a desenvolver.

Ele acredita que pesquisadores empreendedores devem buscar ter as seguintes competências:

Lealdade acadêmica, consciência lógica do método de investigação e de exposição de resultados, perseverança.

Confira o conhecimento produzido pelo Marcelo De Nardi 👇

http://lattes.cnpq.br/0159538615334821

https://fb.watch/2a8DGPRMtc/

Nos acompanhe nas redes sociais:

www.icolab.org.br

iCoLab – Instituto Colaborativo de Blockchain – YouTube

iCoLab Blockchain @icolabbrasil

11750login-checkVem aí nosso projeto de pesquisa do ICoLab liderado por Marcelo De Nardi